Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Mais de dez feridos em ataque ao parlamento venezuelano

Mais de dez feridos em ataque ao parlamento venezuelano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Controlada pela oposição, a Assembleia Nacional da Venezuela voltou a ser alvo de um ataque que se traduziu em mais de uma dezena de feridos, entre eles vários deputados.


A sessão na qual se pretendia celebrar o Dia da Independência de Espanha depressa passou para segundo plano quando um grupo de apoiantes do presidente Nicolás Maduro e integrantes de milícias chavistas conhecidas como “coletivos” invadiram a sede do Parlamento.

Munidos, entre outras coisas, de engenhos explosivos agrediram pelo menos quatro deputados da oposição e funcionários, mas também intimidaram jornalistas.



O presidente Nicolás Maduro apressou-se a condenar os “atos estranhos”, mas certo é que durante a manhã o vice-presidente venezuelano, Tareck el-Aissami, já tinha apelado à concentração no Parlamento contra a maioria opositora que descreve como “traidora.”