Última hora

Em leitura:

O "dolma" do Azerbaijão


Taste

O "dolma" do Azerbaijão

O Taste arranca em Baku, no Azerbaijão, onde vamos descobrir os pratos mais típicos deste país. O dolma, por exemplo, é das iguarias mais populares. Trata-se de uma mistura de carne, arroz e legumes, envolvida por uma folha de videira.

É a um mercado tradicional que o chef Elmin Sharifov nos leva à procura dos sabores mais genuínos. Dolma significa “recheado” em azeri. É um prato confecionado também em vários países vizinhos.

Na verdade, o recheio muda consoante a estação do ano. No verão, por exemplo, utilizam-se legumes como pimentos, pepinos e beringelas.

“Lembro-me em pequeno de cozinharem o dolma em nossa casa. Todos os miúdos queriam aprender como se fazia. Pedíamos para nos ensinarem a enrolar as folhas”, diz-nos Shafirov.

“Qual é o ingrediente essencial?”, perguntamos. “Este dolma é recheado de carne de borrego, mas diria que são as ervas o mais importante: a hortelã-pimenta, os coentros. Se esquecermos uma delas, o sabor não será o mesmo”, responde o chef.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Receita de dolma, segundo o chef Elmin Sharifov

Taste

Receita de dolma, segundo o chef Elmin Sharifov