Última hora

Em leitura:

Milhares combatem as chamas em Portugal


Portugal

Milhares combatem as chamas em Portugal

As chamas não dão descanso aos milhares de bombeiros que combatem os incêndios em Portugal.

De acordo com a Autoridade portuguesa de Proteção Civil, há mais de 5000 operacionais a combater as chamas e registaram-se 43 ocorrências no período noturno. O fogo no concelho de Abrantes, no distrito de Santarém é o mais preocupante.

Há registo de 16 feridos.

Cinco pessoas tiverem de ser realojadas depois de uma casa na Aldeia do Mato, a localidade onde começou o incêndio, na quarta-feira, ter sido consumida pelas chamas.

Segundo a agência Lusa, seis aldeias tiveram de ser evacuadas por precaução.

Mais de 700 bombeiros, apoiados por mais de 200 viaturas e vários meios aéreos combatem as chamas que, durante a manhã desta sexta-feira, davam sinal de estarem a abrandar.


Outra situação, que preocupa as autoridades, é o incêndio no concelho de Grândola, no distrito de Setúbal, que começou na quinta-feira à tarde.

As chamas e o fumo obrigaram a interromper a circulação da Linha Ferroviária do Sul, no entanto, já foi retomada durante a noite.

Devido aos baixos níveis de humidade e às temperaturas elevadas, a Proteção Civil mantém em Alerta Laranja, os 18 distritos Portugal continental.