This content is not available in your region

Milhares combatem as chamas em Portugal

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Milhares combatem as chamas em Portugal

<p>As chamas não dão descanso aos milhares de bombeiros que combatem os incêndios em Portugal.</p> <p>De acordo com a Autoridade portuguesa de Proteção Civil, há mais de 5000 operacionais a combater as chamas e registaram-se 43 ocorrências no período noturno. O fogo no concelho de Abrantes, no distrito de Santarém é o mais preocupante.</p> <p><iframe src="https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2F299348498182%2Fvideos%2F10155195263243183%2F&show_text=0&width=560" width="560" height="315" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true" allowFullScreen="true"></iframe></p> <p>Há registo de 16 feridos.</p> <p>Cinco pessoas tiverem de ser realojadas depois de uma casa na Aldeia do Mato, a localidade onde começou o incêndio, na quarta-feira, ter sido consumida pelas chamas.</p> <p>Segundo a agência Lusa, seis aldeias tiveram de ser evacuadas por precaução.</p> <p>Mais de 700 bombeiros, apoiados por mais de 200 viaturas e vários meios aéreos combatem as chamas que, durante a manhã desta sexta-feira, davam sinal de estarem a abrandar.</p> <p><blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="pt" dir="ltr">Mais de mil bombeiros combatem incêndios florestais em Portugal <a href="https://t.co/jtHoaZJCJn">https://t.co/jtHoaZJCJn</a> <a href="https://t.co/7U2HHtgqfF">pic.twitter.com/7U2HHtgqfF</a></p>— Jornal O Globo (@JornalOGlobo) <a href="https://twitter.com/JornalOGlobo/status/895663530325790720">August 10, 2017</a></blockquote><br /> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>Outra situação, que preocupa as autoridades, é o incêndio no concelho de Grândola, no distrito de Setúbal, que começou na quinta-feira à tarde. </p> <p>As chamas e o fumo obrigaram a interromper a circulação da Linha Ferroviária do Sul, no entanto, já foi retomada durante a noite.</p> <p>Devido aos baixos níveis de humidade e às temperaturas elevadas, a Proteção Civil mantém em Alerta Laranja, os 18 distritos Portugal continental.</p>