Última hora

Última hora

Chamas voltam a não dar tréguas

A situação voltou a complicar-se nas últimas horas em Portugal.

Em leitura:

Chamas voltam a não dar tréguas

Tamanho do texto Aa Aa

A situação voltou a complicar-se nas últimas horas em Portugal. As altas temperaturas, a fraca humidade do ar e o vento forte, em alguns concelhos portugueses dificultam o trabalho dos bombeiros que há vários dias combatem as chamas.

O incêndio que lavra em Mação, no distrito de Santarém, evoluiu, durante a tarde, “de forma muito violenta e completamente descontrolada”, dizia o vereador Vasco Marques, à agência Lusa. A aldeia de Vale de Amêndoa foi evacuada.

Em Vila de Rei, distrito de Castelo Branco, o incêndio parecia dominado, a meio da manhã, mas a violência do vento acabou por reativar as chamas. A maioria dos efetivos, mais de um milhar, estava concentrado neste distrito a combater várias frentes e diferentes concelhos.

Há 141 mil hectares de floresta ardida desde o início do ano nos mais de 10 mil incêndios que se registaram. Mais 26 mil hectares do que no ano passado, dados provisórios divulgados pela Proteção Civil.