Última hora

Última hora

Agências anti-doping querem Rússia fora dos Olímpicos de Inverno

Dezassete agências anti-doping pedem que a Rússia seja banida dos Jogos de Inverno, exigindo medidas do Comité Olímpico Internacional

Em leitura:

Agências anti-doping querem Rússia fora dos Olímpicos de Inverno

Tamanho do texto Aa Aa

Algumas das principais agências anti-doping do mundo exigem que o Comité Olímpico Internacional proíba a participação da Rússia nos Jogos de Inverno em Pyeongchang.

Num comunicado divulgado depois de um encontro em Colorado, nos Estados Unidos, dezassete agências de anti-doping frisam que face à enorme evidência do uso individual de doping pelos atletas russos nos Jogos de Sochi, em 2014, o facto de o Comité Olímpico Internacional não ter realizado uma investigação completa suscita sérias dúvidas de que os Jogos de 2018 sejam limpos, caso os atletas russos participem.

O documento é assinado por agências anti-doping de um grupo de países que incluem a Austrália, Canadá, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Japão, Noruega, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos.

Um relatório independente encomendado pela Agência Mundial Anti-doping (WADA) encontrou evidências de doping em diversos atletas russos. Estas dopagens terão sido financiadas pelo próprio governo russo. Apesar das provas, o Comité Olímpico Internacional ainda não revelou que sanções serão aplicadas contra a Rússia.