Última hora

Contam-se os votos na Libéria

Na Libéria já se contam os votos do escrutínio do qual sairá um novo presidente.

Em leitura:

Contam-se os votos na Libéria

Tamanho do texto Aa Aa

Na Libéria já se contam os votos do escrutínio do qual sairá um novo presidente. A primeira mulher chefe de Estado de um país africano terá como sucessor um homem já que não havia candidatas ao lugar. São muitos os que querem o cargo mas apenas 7 os possíveis sucessores:

“Embora os 20 candidatos esperem ser o próximo líder do país, a realidade é que a corrida se centra em apenas 7 deles. Os resultados provisórios vão chegando, de todo o país, até à Comissão Eleitoral, que só a 25 de outubro declarará o vencedor”, diz o enviado da euronews à Libéria, Nii Akrofi Smart-Abbey.

A votação decorreu de forma pacífica mas com alguns desafios, entre eles o facto de haver eleitores que não encontravam os seus nomes nos cadernos eleitorais e terem dificuldade em saber onde votar. Alguns responsabilizam a comissão eleitoral de falta de informação aos eleitores sobre o o processo de votação:

“No início a fila era muito longa porque as pessoas não entendiam onde tinham de votar, porque se se olhar para o bilhete de identidade, temos o número 72, e o 72 e o 73 votam na mesma área”, adianta um votante.

A braços com uma grave crise económica e social, após a epidemia de ébola, em 2014, a Libéria votou pela terceira vez desde o final da Guerra Civil, há 14 anos. Ellen Sirleaf-Johnson, Nobel da Paz, estava impedida, constitucionalmente de recandidatar-se a um terceiro mandato.