Última hora

Última hora

Rajoy com o dedo no gatilho do artigo 155

O chefe do executivo espanhol lembrou ainda que este passo é um “requerimento prévio a todas as medidas que o Governo pode adotar ao abrigo do Artigo 155”.

Em leitura:

Rajoy com o dedo no gatilho do artigo 155

Tamanho do texto Aa Aa

A crise da independência na Catalunha tem a Espanha em suspenso. O chefe de governo espanhol Mariano Rajoy deu o primeiro passo para ativar o artigo 155 da constituição, opção que lhe permite suspender a autonomia da Catalunha e assumir o controlo administrativo da região.

Numa conferência de imprensa no palácio da Moncloa, em Madrid, Rajoy afirmou que “o conselho de ministros concordou em exigir formalmente ao governo catalão a confirmação de que a independência foi declarada ou não”.

“A resposta do presidente catalão Carles Puidgemont determinará os futuros acontecimentos dos próximos dias “, disse o chefe de governo, que acrescentou que vai continuar a agir de forma “cautelosa e responsável”.

Este requerimento apresentado por Madrid é necessário para desencadear o artigo 155 embora a constituição não estabeleça um tempo específico para a resposta formal.

Recorde-se que na terça-feira Carles Puidgemont declarou o direito à independência dos catalães mas depois recuou ao afirmar que a suspendia para dar oportunidade ao diálogo.