Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Rajoy com o dedo no gatilho do artigo 155

Rajoy com o dedo no gatilho do artigo 155
Tamanho do texto Aa Aa

A crise da independência na Catalunha tem a Espanha em suspenso. O chefe de governo espanhol Mariano Rajoy deu o primeiro passo para ativar o artigo 155 da constituição, opção que lhe permite suspender a autonomia da Catalunha e assumir o controlo administrativo da região.

Numa conferência de imprensa no palácio da Moncloa, em Madrid, Rajoy afirmou que “o conselho de ministros concordou em exigir formalmente ao governo catalão a confirmação de que a independência foi declarada ou não”.

“A resposta do presidente catalão Carles Puidgemont determinará os futuros acontecimentos dos próximos dias “, disse o chefe de governo, que acrescentou que vai continuar a agir de forma “cautelosa e responsável”.

Este requerimento apresentado por Madrid é necessário para desencadear o artigo 155 embora a constituição não estabeleça um tempo específico para a resposta formal.

Recorde-se que na terça-feira Carles Puidgemont declarou o direito à independência dos catalães mas depois recuou ao afirmar que a suspendia para dar oportunidade ao diálogo.