Última hora

Última hora

Incêndios causam drama na Califórnia

Bombeiros californianos combatem, há mais de 48 horas vários incêndios, cerca de 20 mil pessoas foram já obrigadas a abandonar as suas casas.

Em leitura:

Incêndios causam drama na Califórnia

Tamanho do texto Aa Aa

Momento dramáticos vivem-se na Califórnia, como este em que um homem tenta salvar um coelho da morte certa. Cerca de 200 mil pessoas foram obrigadas a abandonar as suas casas, nomeadamente um dos bairros nobres de Los Angeles, Bel-Air. Vários incêndios que deflagraram, esta quinta-feira, nesta região californiana, dos Estados Unidos.

Pela primeira vez as autoridades lançaram, o alerta máximo, devido aos fortes ventos que se fazem sentir na região e que atingiram os 130 quilómetros por hora. Situação que, como se sabe, dificulta o combate às chamas.

Os incêndios, de grandes proporções, que se propagaram nas últimas 48 horas estão, em muitas frentes fora de controlo. Pede-se às populações que se mantenham alerta para uma eventual necessidade de evacuação de outras áreas.

As chamas já destruíram cerca de 150 edifícios. Há um morto confirmado pelos bombeiros. Mais de 60 mil hectares foram consumidos pelas chamas. A norte-americana NBC diz que a propriedade do magnata Rupert Murdoch, avaliada em 30 milhões de dólares estava em chamas.