Última hora

Última hora

O Irão diz que não há sobreviventes do incêndio no petroleiro Sanchi

Em leitura:

O Irão diz que não há sobreviventes do incêndio no petroleiro Sanchi

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão diz que morreram os cerca de 30 tripulantes do navio petroleiro Sanchi, no Mar da China Oriental.

A maioria tinha nacionalidade iraniana e dois eram do Bangladesh.

A embarcação encontra-se em chamas desde há uma semana, depois de colidir com um cargueiro com bandeira de Hong Kong.

As autoridades chinesas afirmam ter resgatado os corpos dos marinheiros iranianos.

Em comunicado, o ministério chinês dos Transportes disse que os cadáveres foram encontrados numa zona coberta do cargueiro Sanchi, que não tinha sido afetada pelas chamas.

A China contou, na operação, com o apoio de equipas japonesas, sul-coreanas e iranianas.

Foi na primeira semana do ano que o Sanchi colidiu com o cargueiro CF Crystal, registado em Hong Kong, cujos 21 tripulantes, todos de nacionalidade chinesa, foram resgatados sãos e salvos.

Registado no Panamá, o Sanchi transportava 136 mil toneladas de petróleo.