Última hora

Última hora

Tensão aumenta entre a Grécia e a Turquia

Em leitura:

Tensão aumenta entre a Grécia e a Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia solicitou ajuda à União Europeia, à NATO e às Nações Unidas a fim de pressionarem no sentido da libertação de dois soldados gregos detidos na Turquia.

Point of view

"Este tipo de incidentes são resolvidos de forma pacífica e depois de negociações entre as duas forças armadas"

Panos Kammenos Ministro grego da Defesa

Os dois soldados foram detidos depois de atravessarem a fronteira sendo agora acusados de espionagem pelas autoridades turcas.

O ministro grego da defesa afirma que os soldados foram detidos poucos metros depois da fronteira enquanto efetuavam uma patrulha de vigilância contra o contrabando de emigrantes.

"A Turquia é membro da NATO, um país aliado da Grécia na NATO e este tipo de incidentes são resolvidos de forma pacífica e depois de negociações entre as duas forças armadas", disse Panos Kammenos, o ministro grego da defesa durante a passagem por Bruxelas esta terça-feira.

Os ministros da defesa da UE, reunidos em Bruxelas, afirmam que os soldados foram detidos em território turco enquanto se encontravam em patrulha.

A responsável pelas relações externas da UE, Federica Mogherini, afirmou que os ministros da defesa expressaram solidariedade para com a Grécia.

"É muito importante manter boas relações de vizinhança, isto é algo que tentamos transmitir aos nossos interlocutores turcos a todos os níveis, incluindo o meu. É muito importante para nós partilhar estas informações e expressar esperança numa resolução rápida e positiva" disse a Alta Representante da UE para as Relações Externas.

A jornalista da euronews em Bruxelas, Efthymia Koutsokosta, afirma "a Cimeira UE-Turquia está prevista para dia 26 de março em Varna na Bulgária. O Presidente do Conselho da UE, Donald Tusk, afirmou que a cimeira apenas terá lugar na condição de que a Turquia termine as provocações na zona económica exclusiva de Chipre e no Mar Egeu. Segundo uma fonte diplomática europeia, os canais de comunicação com a Turquia estão abertos mas o diálogo "nem sempre é agradável".

João Ferreira