Última hora

Última hora

Grande Prémio de Antália de judo chega ao fim

Em leitura:

Grande Prémio de Antália de judo chega ao fim

Tamanho do texto Aa Aa

Zelym Kotsoiev foi o homem do dia na última jornada do Grande Prémio de Antália de judo, este domingo.

Na final dos -100kg mediu forças com o russo Arman Adamian e acabou por triunfar. No ano passado aconteceu o mesmo na luta pelo ouro no Junior World Championship.

Kotsoiev lançou o rival para um "Waza-ari" dramático. Voltou a atacá-lo com a mesma técnica momentos mais tarde para acabar por se impor por "Ippon."

"Encontrei-me com o Arman Adamian muitas vezes antes. Temos sempre contendas interessantes. No tatami somos lutadores mas fora dele somos amigos. E o judo significa respeito. Diverti-me muito em Antália. É um belo lugar, com um estádio e pessoas bonitas, que gritaram por nós. O apoio do público ajudou-nos imenso. Por isso quero agradecer a Antália", disse Kotsoiev.

A competir pelo Kosovo, Loriana Kuka foi a mulher da terceira e última jornada do Grande Prémio de Antália. Com um brilhante "O-soto-gari" contra Natalie Powell passou à semifinal. Um "Uchi-mata" colocou-a depois na luta pelo ouro na categoria de -78kg.

Mediu forças na final com a ucraniana Anastasiya Turchyn. Um emocionante duelo que se resolveu em cima da hora com Kuka a selar a vitória. Aos 21 anos poderá ser a próxima sensação do judo no Kosovo.

"Ser campeã no Grande Prémio de Antália de judo dá-me muita confiança porque também percebi que posso vencer os melhores dos melhores. Aguardo com expectativa outras competições onde possa mostrar o que valho. No Kosovo, o judo é um desporto rei. Somos uma equipa pequena mas robusta. Estamos a crescer, temos cadetes e juniores. Estamos a ficar mais fortes de dia para dia e estamos a treinar juntos. É fantástico fazer parte desta equipa", sublinhou Loriana Kuka.

O movimento do dia aconteceu na final da categoria de +100kg masculina. O russo Inal Tasoev impôs-se sobre o iraniano Javad Mahjoub, conquistando o lugar cimeiro do pódio.

A Turquia terminou a competição da melhor forma possível. Sebile Akbulut levou a multidão ao delírio em casa batendo Larisa Ceric, da Bósnia e Herzegovina com "Waza-ari" e ditando um final feliz para a nação que acolheu o evento.