Última hora

Última hora

Aliados de Merkel na Baveira pressionam chanceler

Em leitura:

Aliados de Merkel na Baveira pressionam chanceler

Aliados de Merkel na Baveira pressionam chanceler
Tamanho do texto Aa Aa

Os aliados da União Democrata Cristã (CDU) da chanceler Angela Merkel na Baviera, liderados pelo ministro alemão do Interior, Horst Seehofer, negaram as notícias divulgadas este domingo pelo semanário "Bild".

De acordo com a publicação, esta segunda-feira o partido irmão da CDU estava disposto a conceder a Angela Merkel um novo ultimato de duas semanas para apresentar uma solução europeia, como defende, em matéria de política migratória sob pena de ser desafiada com a rejeição de refugiados nas fronteiras.

Ainda que Merkel e Seehofer tenham entrado em rota de colisão, o líder da União Social Cristã (CSU) tinha dito ao "Bild" que não há interesse em "dissolver a unidade CDU/CSU e perturbar a coligação."

Certo é que a pressão sob a chanceler alemã é muita não só por causa da tensão com os parceiros da CSU mas também perante a ameaça de crise governamental, numa coligação que levou tempo a formar.

A CSU tinha definido esta segunda-feira como a data para começar a rejeitar imigrantes e requerentes de asilo que se tenham registado em outros países da União Europeia. Uma medida que esbarra na política de portas abertas de Merkel e que colocaria em causa o sistema de fronteiras abertas no Espaço Schengen.