Jihadistas decapitam mais de 50 pessoas em Moçambique

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Terrorismo já fez mais de 400 mil deslocados em Moçambique
Terrorismo já fez mais de 400 mil deslocados em Moçambique   -   Direitos de autor  AP Photo

Ao longo dos últimos dias, o terrorismo voltou a assombrar Moçambique.

De acordo com a polícia local, mais de 50 pessoas foram levadas de várias aldeias para um campo de futebol, onde, pelas mãos de jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico, foram decapitadas e desmembradas. O ataque ocorreu na província de Cabo Delgado, no norte do país.

Nos distritos de Muidumbe e Macomia, os terroristas deixaram para trás um rasto de destruição, civis foram assassinados, mulheres e crianças, raptadas, casas reduzidas a cinzas.

O mais recente ataque surge na sequência de uma série de atos terroristas que desde há três anos assolam a região e são já responsáveis por uma crise humanitária. Estima-se que, no total, haja no país cerca de 435 mil deslocados.