Mísseis israelitas matam nove combatentes na Síria

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AFP
Zona atingida por ataque israelita perto de Damasco, Síria
Zona atingida por ataque israelita perto de Damasco, Síria   -   Direitos de autor  AP/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Um ataque aéreo de Israel à Síria provocou a morte de nove combatentes esta quarta-feira, durante a madrugada. 

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (SOHR), entre as vítimas estão cinco soldados nacionais e quatro membros de uma milícia apoiada pelo Irão.

Os alvos de Israel, revela ainda o SOHR, estavam localizados perto da capital, Damasco, e eram um depósito de munições e várias posições militares ligadas ao Irão, a prestar apoio ao regime sírio de Bashar al-Assad.

O ataque ocorrer horas depois de a defesa área síria ter intercetado um míssil israelita perto de Damasco.

De acordo com a agência de notícias SANA, a última ofensiva israelita a Damasco tinha sido levada a cabo a 14 de abril, mas sem provocar baixas.

O Estado hebraico raramente comenta cada os seus ataques contra a Síria, mas admite ter realizado centenas desde 2011, visando posições do exército sírio, das forças iranianas e do Hezbollah libanês pró-iraniano.

O SOHR, com sede em Londres, mas vários contactos na região, estima que em 2021, cerca de 30 ataques israelitas tenham matado 125 combatentes do governo e cinco civis.