This content is not available in your region

Ucrânia pede à Alemanha para que "actos sejam seguidos de palavras"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Vladimir Klitschko recebe prémio de homenagem ao povo ucraniano
Vladimir Klitschko recebe prémio de homenagem ao povo ucraniano   -   Direitos de autor  JENS SCHLUETER/AFP   -  

A Alemanha decidiu homenagear, esta quinta-feira, o povo ucraniano, com a atribuição do prémio M100 (Media Awards) sobre liberdade de expressão e democracia. Vladimir Klitschko, irmão de Vitali Klitschko, Presidente da Câmara de Kiev, esteve presente na cerimónia para receber o galardão, num evento que teve lugar na cidade de Potsdam, na Alemanha. 

Ao receber a distinção, em representação da Ucrânia, Vladimir Klitschko pediu à Alemanha que o apoio dado à Ucrânia não passe apenas por palavras, mas que as "palavras sejam seguidas de actos".

Este apoio que tem sido dado à Ucrânia, gostaria que não fossem apenas palavras, mas que as palavras fossem seguidas de actos
Vladimir Klitschko
Irmão de Vitali Klitschko, Presidente da Câmara de Kiev

Também esta quinta-feira, a Presidente da Comissão Europeia deslocou-se à Ucrânia. Ursula Von der Leyen visitou a cidade de Irpin, na companhia de Olena Zelenska, a primeira dama ucraniana. Aqui, os militares russos deixaram um rasto de destruição, no momento da retirada.

A representante da Comissão Europeia também se encontrou com Volodymyr Zelenskyy, em Kiev, num claro sinal de apoio por parte do Ocidente e prometeu que a União Europeia irá ajudar a Ucrânia "o tempo que for preciso". 

Os Estados Unidos também se juntaram à Europa para exercer pressão sobre a Rússia.

Washington anunciou que vai sancionar 22 altos funcionários russos, entre eles cinco procuradores, acusados de terem roubado ou permitido o roubo de centenas de toneladas de cereais.