This content is not available in your region

Steinmeier faz visita surpresa a Kiev e desfaz mal-entendido com promessa de ajuda

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Frank-Walter Steinmeier
Frank-Walter Steinmeier   -   Direitos de autor  AP   -  

Depois de muito polémica, o presidente da Alemanha foi recebido na Ucrânia. Por causa da relação próxima com a Rússia, Volodymyr Zelenskyy chegou a dizer que Frank-Walter Steinmeier não seria bem-vindo. Mas a visita concretizou-se e Steinmeier chegou com uma mensagem clara

"A minha mensagem para os ucranianos é que não só estamos ao vosso lado, como continuaremos a apoiar a Ucrânia económica, política e também militarmente", declarou o presidente alemão.

A vida é cada vez mais difícil na Ucrânia

A lei marcial imposta pela Rússia nas regiões ucranianas anexadas sem o reconhecimento internacional não trouxe a paz aos territórios. Esta terça-feira, a explosão de um carro armadilhado destruiu um edifício que alberga escritórios dos Serviços Secretos Russos e uma estação de televisão em Melitopol.

Cinco pessoas ficaram feridas. O líder da região imposto por Moscovo anunciou a criação imediata de uma equipa de investigação.

Moscovo diz que evitou um grande ataque das forças ucranianas na frente sul, perto de Kuzemivka. Kiev afirma que pelo menos sete civis foram mortos em bombardeamentos russos que destruíram 19 edifícios residenciais e uma linha de eletricidade na região de Donetsk, na segunda-feira.

As condições de vida são cada vez mais precárias em grande parte do país. Em Mykolaiv, no sul, as pessoas fazem fila diária para comer e beber água. Muitas casas não têm eletricidade, água e aquecimento.