This content is not available in your region

Bruxelas vai manter vigilância no caso dos ovos contaminados

Access to the comments Comentários
De  Isabel Marques da Silva  com LUSA, REUTERS
Bruxelas vai manter vigilância no caso dos ovos contaminados

<p>A União Europeia não vai aprovar punições contra a Bélgica e a Holanda, países de origem do caso envolvendo os ovos contaminados com o pesticida tóxico fipronil, mas vai manter-se muito vigilante nesta área. </p> <p>O tema foi abordado na reunião dos ministros da Agricultura da União Europeia, terça-feira, na Estónia. </p> <p>“Espero que o sistema europeu de alerta rápido esteja a funcionar como deveria, de acordo com seu nome. Não foi assim no passado. Infelizmente, há meses que existia informação mas não nos foi transmitida”, disse o governante alemão, Christian Schmidt. </p> <p>Portugal está entre os 26 Estados-membros afetados, embora a quantidade de ovos contaminados comprados na Bélgica por um português tenha sido pequena, revelou a Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica. </p> <p>“Estaremos extremamente vigilantes e não vamos tolerar que as ações de alguns indivíduos ponham em causa a integridade, a reputação e a estabilidade de toda a cadeia alimentar, um dos pilares económicos da União Europeia”, garantiu o comissário europeu para a Saúde e Segurança Alimentar, Vytenis Andriukaitis. </p> <p>A contaminação de dezenas de milhões de ovos, divulgada em agosto, resulta da desinfestação de explorações de galinhas com um produto contendo um antiparasitário proibido na cadeia alimentar.</p>