Última hora

Os museus mais emblemáticos do Dubai

Os museus mais emblemáticos do Dubai
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Dubai alberga uma grande variedade de museus, entre pérolas raras e espaços sofisticados como o Parque do Corão, concebido para fornecer uma nova visão da herança islâmica.

O Parque do Corão abriu as portas em março de 2019. Foi concebido para permitir uma melhor compreensão da fé islâmica. Numa área equivalente a sessenta campos de râguebi, é possível descobrir uma grande variedade de espécies vegetais citadas no Corão, como plantas medicinais, romãs, azeitonas e figos.

A Caverna dos Milagres, palco de sete milagres, segundo o texto sagrado do Islão, é outro dos destaques do parque do Corão. "A caverna é incrível. Ficamos com uma melhor compreensão dos milagres. É fantástico poder visualizá-la, não apenas ouvir falar dela", contou Usman, um turista britânico.

Para os visitantes trata-se de uma experiência única que permite aprofundar os conhecimentos sobre a cultura do Médio Oriente e do Islão. "Este museu mostra que o Corão não é apenas algo para ler mas algo que pode ser usado na vida quotidiana", referiu Anwar, um visitante dos Estados Unidos.

O parque do Corão tem uma dimensão pedagógica adaptada a todas as idades. "Este lugar é lindo e muito interessante para as crianças. Permite viver uma experiência do que diz o Corão", descreveu Miteab, um visitante árabe.

Caverna dos Milagres, Parque do Corão, Dubai

Museu das fragrâncias orientais

No bairro histórico de Al Shindagha, fica a Casa dos Perfumes do Dubai. O visitante pode conhecer a história das fragrâncias orientais, a forma como são fabricadas e o papel que desempenharam, tradicionalmente, na sociedade.

A euronews falou com o guia Rashed Almuhairi. "Este museu é muito importante não apenas para os visitantes mas também para as novas gerações. Muitos jovens daqui não conhecem as tradições como a perfumaria ou a pesca de pérolas. É importante que conheçam a história. O Dubai tem uma história muito rica que é preciso contar", explicou Rashed Almuhairi, guia da Casa dos Perfumes.

A exposição dedicada ao "Oud" é um das grandes atrações do museu. Esta resina, rara e difícil de obter, é o ingrediente essencial dos perfumes orientais. Uma essência que passou a ser usada por grandes marcas de perfume internacionais e que resulta de um mecanismo de defesa da árvore infetada com um fungo.

Rashed Almuhairi, guia da Casa dos Perfumes, Dubai

Museu do Café: a arte de receber os convidados

O Museu do Café alberga uma coleção peculiar de objetos variados, desde os antigos potes de café árabe, chamados dallah, a uma taça que comemora o casamento de Carlos e Diana em 1981.

A euronews falou com o proprietário do museu do café, Khalid Al Mulla. "O café é a segunda mercadoria mais importante depois do petróleo e a bebida mais consumida depois da água. Antes de qualquer coisa começar, há um café. O café tem um aspeto social, político e económico. Sempre que se oferece o dalah árabe, o café, independentemente do local, significa que o anfitrião deseja as boas-vindas ao convidado. Essa hospitalidade árabe viajou durante centenas de anos e é possível observá-la nos hotéis de cinco estrelas, nos organismos dos governos ou no conselho de cooperação do Golfo e significa que o país dá as boas-vindas aos convidados", contou Khalid Al Mulla, proprietário do Museu do Café.

Graças ao museu, fica-se a saber que há um ritual específico para servir o café árabe. Segura-se a cafeteira com a mão esquerda e serve-se primeiro a pessoa mais importante. Quem bebe segura a chávena com a mão direita. Quando não quer mais café, a pessoa abana a chávena de um lado para o outro.

Museu do Café, Dubai

Museu do Futuro

O próximo grande museu do Dubai é o Museu do futuro que deverá abrir as portas em 2020. A forma do edifício representa o céu e a terra. O buraco no centro simboliza o desconhecido. Estão previstas exposições com tecnologias inovadoras.

Protótipo do Museu do Futuro, Dubai
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.