Mulheres que desafiaram status quo em destaque na Frieze Art Fair

Mulheres que desafiaram status quo em destaque na Frieze Art Fair
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Festival decorre em Londres até domingo

PUBLICIDADE

É provavelmente o maior acontecimento do ano no mundo das artes no Reino Unido. A Frieze Art Fair reúne mais de 160 das mais prestigiadas galerias de arte do planeta e expõe o trabalho de mais de um milhar de artistas. Na edição deste ano é possível assistir a uma exposição intitulada "Social Work", que pretende homenagear as mulheres que desafiaram um mundo predominantemente masculino.

Victoria Siddal, diretora do festival, refere que o projeto nasceu quando desafiaram um grupo de curadoras baseadas no Reino Unido a apresentar ideias sobre como seguir em frente e criar qualquer coisa relevante para curadores, museus e colecionadores e que o resultado foi "Social Work", uma série de apresentações individuais feitas por mulheres que trabalharam nos anos oitenta e noventa.

Também em destaque está o trabalho de Sonia Boyce, "The Audition 1997", uma série de 400 fotografias a preto e branco com pessoas a experimentar uma cabeleira afro.

A Frieze Art Fair decorre no Regent's Park, em Londres, até domingo.

Outras fontes • BS

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Londres inaugura parque de esculturas ao ar livre

A exposição de Burtynsky na Saatchi Gallery "abre a cortina" sobre o impacto da humanidade na Terra

A floresta foi a inspiração da nova exposição do fotógrafo francês Vincent Munier