Última hora

Última hora

Menos é mais

Em leitura:

Menos é mais

Tamanho do texto Aa Aa

euronews: Bem-vindos a Business Planet! Estamos na capital da Letónia, Riga, onde desde há vários anos tem havido um grande crescimento nas micro-empresas, principalmente porque são fáceis de criar aqui, mas também porque o país sabe que as PME são os principais motores do crescimento económico.

Cosméticos orgânicos concebidos e fabricados em Riga. Esta é uma pequena empresa que tem visto um sucesso impressionante em apenas três anos. Começando com uns modestos 25 mil €, o volume de negócios anual aumentou dez vezes e prevê-se que chegue aos 250 mil este ano.

Para Agate Kanca da Kivvi Cosmetics: “Começámos com duas pessoas num pequeno espaço com 6 produtos … Agora, somos 12. Temos mais de 30 produtos e exportamos para 14 países.”

Para desenvolver a gama decidiram lançar uma linha de produtos para os profissionais da indústria da beleza.

Agate Kanca acrescenta: “Para as micro-empresas, a política fiscal é muito atrativa: temos de pagar apenas 9%. O segundo aspeto atrativo é o simples sistema de contabilidade. Podemos fazê-la sozinhos”.

euronews: “Esta ajuda para as micro-empresas foi impulsionada pela Câmara do Comércio e Indústria da Letónia. O seu sucesso tem sido recompensado com o Grande Prêmio do Júri nos Prémios Europeus de Promoção Empresarial de 2013.”

Apelidado de “Think Small First”, “Pensar Pequeno Primeiro” a iniciativa simplifica a burocracia para os criadores de micro-empresas. A ideia foi uma resposta à crise económica da Letónia há três anos.

Janis Endzinš, o Presidente do Conselho, da Câmara do Comércio e da Indústria explica: “No epicentro da crise económica na Letónia a situação era muito grave. O desemprego era de 17% e o primeiro-ministro perguntou à Câmara do Comércio e da Indústria como resolveria a situação… A nossa resposta foi: é necessário criar um sistema de apoio para micro empresas. Para que as pessoas desempregadas possam criar empregos para si próprias.”

Os criadores de micro-empresas também pode obter conselhos de especialistas sobre os planos de negócio e sobre o acesso ao micro-crédito.

O sistema foi elogiado pelos Prémios Europeus de Promoção Empresarial como sendo “o mais criativo e inspirador na Europa”.

“Três anos depois, temos três coisas a destacar: 30 mil novas micro empresas na Letónia, 53 mil novos postos de trabalho, criados por essas microempresas e 40 milhões de euros que o orçamento de Estado recebeu dos impostos destas microempresas!”, conclui Janis Endzinš.

Agate Kanca revela os segredos do sucesso: “Desenvolva o seu negócio, passo a passo… Durante os primeiros anos reinvista os lucros no negócio… Isso vai estimular o crescimento… Esta é a minha ideia de negócio.”