Última hora

Última hora

"Europe Weekly": Grécia continua a ser centro de atenções europeias

Os bancos gregos voltaram a abrir portas aos clientes pela primeira vez em três semanas, mas persistem os limites às transações financeiras e

Em leitura:

"Europe Weekly": Grécia continua a ser centro de atenções europeias

Tamanho do texto Aa Aa

Os bancos gregos voltaram a abrir portas aos clientes pela primeira vez em três semanas, mas persistem os limites às transações financeiras e levantamentos de dinheiro. O assunto está em destaque em mais uma edição de “Europe Weekly”, programa onde passamos em revista os temas que marcam a agenda europeia.

Ainda na Grécia, o Parlamento de Atenas votou no segundo conjunto de reformas exigidas pelos credores, criando as condições para o início das negociações destinadas ao terceiro programa de resgate.

A semana que passou foi também marcada pelo encontro dos ministros do Interior da União Europeia sobre a realocação de migrantes.

Por outro lado, o ambicioso plano de investimento com o qual Jean-Claude Juncker, o presidente da Comissão Europeia, começou o mandato à frente do executivo comunitário descolou. Tornou-se possível graças a um acordo com o Banco Europeu de Investimento e à contribuição de vários Estados-membros.

Depois dos protestos de agricultores e criadores de gado franceses, por causa dos baixos preços de produtos como o leite ou carne, vários representantes belgas do setor manifestaram-se em solidariedade com os vizinhos gauleses. Mostraram o descontentamento na Feira de Libramont, a feira agrícola mais importante na Bélgica.

A agenda da próxima semana:

Segunda-feira – Visita da Alta Representante da União Europeia para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini, à Arábia Saudita.

Terça-feira – Visita da Alta Representante da União Europeia para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini, ao Irão.

Quarta-feira – Ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius, de visita ao Irão.

Sexta-feira – Gabinete de Estatísticas da União Europeia, Eurostat, divulga números do desemprego na União Europeia.