Última hora

Última hora

Ministro alemão presta homenagem às vítimas do atentado de Istambul

O coração da indústria turística turca atingido com o atentado de terça-feira. Esta manhã, acompanho pelo pelo ministro do Interior alemão, o chefe

Em leitura:

Ministro alemão presta homenagem às vítimas do atentado de Istambul

Tamanho do texto Aa Aa

O coração da indústria turística turca atingido com o atentado de terça-feira. Esta manhã, acompanho pelo pelo ministro do Interior alemão, o chefe do governo turco, Ahmet Davutoglu, visitou os feridos resultantes do ataque terrorista que fez pelo menos dez mortos, entre os quais sete turistas de nacionalidade alemã. A Turquia faz agora parte dos destinos em que a segurança cria apreensão aos operadores e viajantes.

Após a visita ao hospital de Haseki em Istambul, o ministro alemão do Interior, Thomas de Maizière declarou: “Eu não vejo nenhuma razão para mudar os planos de viagem para a Turquia. Claro há alertas que estão a ser enviados por países que têm de ser tidos em conta de modo a que os turistas evitem certas regiões em crise”.

Os terroristas não visaram especialmente pessoas de nacionalidade alemã, segundo o chefe do governo turco.

Antes de regressarem a casa alguns turistas foram ao local dos ataques prestar um último tributo, Praça de Sultanahmet.

“Nós estávamos no interior da Catedral e ouvimos a explosão, deixamo-nos ficar porque pensamos ser o lugar mais seguro. Mas quisemos voltar aqui e mostrar as nossas condolências ao povo turco, apreciamos a estadia, eu definitivamente vou voltar a Istambul “.

“Eu estava longe daqui, mas sei que o problema é grave para o mundo todo por causa do terrorismo”.

Em Istambul o enviado da Euronews reporta: “ A Praça Sultanahmet continua a receber visitas diárias de centenas de turistas. Hoje não é diferente, mas por uma outra razão. Aqueles que vieram aqui foi para homenagearem as vítimas dos ataques terroristas e depositarem flores ou deixarem mensagens de solidariedade”.

.