Última hora

Última hora

Resultados globais das eleições no Irão só daqui a uns dias

Dezenas de milhões de iranianos, dos cerca de 80 milhões no total, foram votar num duplo escrutínio para o Parlamento (290 lugares) e para a

Em leitura:

Resultados globais das eleições no Irão só daqui a uns dias

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhões de iranianos, dos cerca de 80 milhões no total, foram votar num duplo escrutínio para o Parlamento (290 lugares) e para a Assembleia de Peritos (88 lugares), que elege o Líder Supremo.
O actual, Ali Khamenei, foi um dos primeiros a votar em Teerão, depois de ter apelado ao voto por parte de todos os iranianos.

Os resultados globais e definitivos, confirmados pelo Conselho de Guardiões da Constituição, um órgão conservador, vão demorar alguns dias, mas espera-se que os primeiros sejam divulgados no sábado.

Com 60% da população abaixo dos 30 anos, estas eleições podem ser um ponto de viragem para o Irão. O interesse constituiu-se em longas filas, depois de o horário de votação ter sido sucessivamente alargado por várias horas.

As primeiras eleições depois do acordo com superpotências sobre o programa nuclear do Irão decidem se a política de abertura do presidente moderado Hassan Rohani se impõe aos conservadores.

Um iraniano na fila de espera para votar afirma ao correspondente da Euronews: “A situação delicada na região e as eleições americanas que aí vêm, sobre as quais há um medo de que a linha mais dura dos republicanos ganhe, requer que tenhamos um Parlamento mais sensato e com uma agenda mais racional.”

A economia foi um tema chave para estas eleições.

O Irão tem a segunda maior reserva de gás do mundo, uma produção diversificada, força de trabalho especializada e é visto como uma enorme e emergente oportunidade de mercado pelos principais investidores em tudo, de carros a aviões e caminhos de ferro até ao comércio .

A maior parte dos iranianos vê neste investimento estrangeiro a possibilidade de crescimento económico, melhor nível de vida e de mais emprego, a longo prazo.