Última hora

Última hora

Grécia: refugiados manifestam-se em Idomeni

Os manifestantes gritaram palavras de apoio à chanceler alemã este domingo afirmando que é a única que os pode salvar. O campo situa-se na fronteira

Em leitura:

Grécia: refugiados manifestam-se em Idomeni

Tamanho do texto Aa Aa

Os manifestantes gritaram palavras de apoio à chanceler alemã este domingo afirmando que é a única que os pode salvar.

O campo situa-se na fronteira entre a Grécia e a Macedónia. Estima-se que estejam aqui mais de 12 mil pessoas, muitas delas crianças e jovens.

Na sexta-feira foi declarado um caso de hepatite A numa jovem de 9 anos de idade.

As autoridades sanitárias agiram de imediato a fim de evitarem situações de contágio.

Os refugiados não conseguem avançar pois o governo macedónio decidiu encerrar a fronteira unilateralmente.

Entretanto, a sul, mais de seis centenas de migrantes desembarcaram na ilha grega de Lesbos nas últimas 24 horas.

Apesar dos esforços de dissuasão do governo grego, muitos continuam a arriscar a travessia do mar em direção à Grécia apesar da rota dos Balcãs em direção ao norte da Europa se encontrar encerrada.

O governo grego prevê que o número de refugiados e migrantes no país atinja os cem milhares até ao final do mês.