Última hora

Última hora

Crowdfunding: uma solução impulsionar o negócio

Serge: “Bem-vindos a Business Planet! Estamos em Helsínquia para falar de crowdfunding, o financiamento participativo deixou de ser um nicho de

Em leitura:

Crowdfunding: uma solução impulsionar o negócio

Tamanho do texto Aa Aa

Serge: “Bem-vindos a Business Planet! Estamos em Helsínquia para falar de crowdfunding, o financiamento participativo deixou de ser um nicho de mercado e hoje está em plena expansão na Europa.
Lasse, você dirige uma plataforma de crowdfunding. Qual é a sua perspetiva?

Lasse: “No ano passado o crowdfunding gerou em termos globais mais de 30 mil milhões euros. Está a crescer mais de 100% ao ano e vai ser maior do que o financiamento em capital de risco este ano.”

Serge: “Já a seguir, mostramos-lhe um caso concreto na Finlândia

Direção: arquipélago autónomo de Áland, em pleno mar Báltico. É aqui que se encontra uma PME familiar que se dedica à produção de limonada 100 por cento natural feita, exclusivamente, com produtos locais. Em 2014, o fundador da empresa decidiu desenvolver a produção e, logo, de investir. O crowdfunding foi a opção.

“Escolhemos o crowdfunding porque era um bom mercado, eficaz, rápido e, acima de tudo, por se tratar de uma forma não burocrática de fazer entrar capital na sociedade” afirma Tony Asumaa, fundador da Amalias Limonadfabrik.

Graças à plataforma de Lasse, Tony ganhou mais de 86 mil euros sob a forma de financiamento participativo. Por outras palavras, as pessoas que investiram na companhia são agora acionistas.

“Temos 163 novos acionistas. São, também, os nossos embaixadores. Fazem a promoção dos nossos produtos e a revenda. Alguns são proprietários de restaurantes que vendem os produtos em todo o país” acrescenta Asumaa.

Através da captação de recursos, Tony prepara-se para automatizar uma parte da produção. Mas não só. A partir deste ano, este empresário prevê aumentar o volume de negócios de 90 mil para 200 mil euros. Para Tony, dar um novo impulso à empresa é, também, uma forma de impulsionar a economia regional.

Para o fundador da Amalias Limonadfabrik “o mais importante é a utilização de matérias-primas locais, frutas e bagas. Nós exportamos 40% dos produtos com os operadores locais e, mais importante, criamos novos postos de trabalho para os jovens, para que eles possam trabalhar em Áland.”

Serge: “Lasse, acabamos de ver este exemplo. Finalmente, o que fez com que tudo isto funcionasse?

Lasse: “Ele tinha uma boa ideia, uma boa equipa por trás dele e o negócio tinha algum potencial de crescimento. Mas, também, entusiasmo e recursos para fazer um bom marketing”

Para saber mais sobre as diferentes formas de crowdfunding e benefícios, mas também os riscos do sistema fique a saber que existe um guia prático europeu, online e gratuito.

Serge: “Lasse existem 600 plataformas de crowdfunding na Europa. A sua, é uma das mais importantes nos países nórdicos. Pergunto-lhe, como escolher a boa plataforma?

Lasse: “É uma questão de experiência. Escolher uma empresa com muitas transações no passado. Mas é, também, uma questão de licenças, de escolher a empresa que tem as licenças em dia e isso pode ser verificado pelas autoridades locais desse país”

Serge: “Muito obrigado Lasse. Mais informações na nossa página web de Business Planet. Nós marcamos encontro no próximo programa!”

Crowdfunding

  • O crowdfunding é uma fonte de financiamento emergente. Das start-ups até às empresas sociais todas as empresas podem beneficiar desta solução de financiamento colaborativo.
  • Em 2014, o mercado europeu de crowdfunding estava avaliado em cerca de 3 mil milhões de euros. Mais de 200 mil projetos beneficiaram do financiamento colaborativo.

Links Úteis