Última hora

Em leitura:

Portugal: Bombeiros continuam a lutar contra as chamas em demasiadas frentes

mundo

Portugal: Bombeiros continuam a lutar contra as chamas em demasiadas frentes

Publicidade

São muitas as florestas que continuam a arder em Portugal continental e o fogo continua também a não dar tréguas na Madeira.

São cerca de 190 os incêndios ativos em todo o território. Há ainda milhares de operacionais no terreno entre eles mais de 600 militares das Forças Armadas nas operações de socorro.

Na Madeira foi uma noite infernal, a de ontem, e a situação não está controlada. Três pessoas morreram, há quase um milhar de desalojados, dezenas de turistas foram evacuados. A maioria terá regressado aos seus hotéis:

“Acho que sabíamos que ia acontecer porque as casas na rua ao lado estavam a arder e havia muito fumo e viam-se cinzas a cair do céu”, adianta um turista escocês.

“Têm sido todos fantásticos. Trouxeram-nos para aqui deram-nos mantas, comida, bebidas, incluindo água. Têm sido todos muito prestáveis”, refere outra turista escocesa.

No continente, os casos mais problemáticos são nos distritos do Porto, Braga, Aveiro e Viseu. Em Águeda está ainda por controlar um incêndio que ameaçava chegar à cidade.

O governo português acionou já o mecanismo europeu de proteção civil. Itália já respondeu e vai enviar, esta quinta-feira, um avião Canadair, Mas também Marrocos vai enviar dois aviões.

Nos últimos dias, o número de incêndios registados no país ultrapassou sempre as trezentas ocorrências e os ventos fortes, que se prevê se agravem nas próximas horas em todo o território nacional, não ajudam.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte