Última hora

Em leitura:

Dilma Rousseff tem julgamento final de "impeachment" marcado a 25 de agosto

mundo

Dilma Rousseff tem julgamento final de "impeachment" marcado a 25 de agosto

Publicidade

O libelo acusatório tem 9 páginas e foi entregue dia 10 deste mês, 12 horas depois de o Senado decidir por 59 votos a 21, que Dilma Roussef devia ser julgada.

O julgamento do processo de destituição, ou impeachment, como dizem os brasileiros, começa dia 25 de agosto.

A data foi definida pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal, que vai presidir ao julgamento. Esta sexta feira a defesa de Dilma foi notificada.

Ouvidas as três testemunhas de acusação e as seis de defesa, o julgamento retoma-se com o depoimento no Senado da Presidente afastada.
Se Dilma vai depor ou não, não se sabe.
Depois, há o debate entre acusação e defesa, seguido de uma votação. Tudo no período de 5 dias.

Para Dilma ser definitivamente afastada são precisos os votos de pelo menos 54 senadores.

Nas ruas de São Paulo, houve mais uma manifestação pró-Dilma esta quinta feira. A contestação brasileira ao agora presidente interino, Michel Temer, tem atingido também as ruas do Brasil.

O julgamento final do impeachment de Dilma Roussef começa a 25 de Agosto no Senado e deve ser decidido até ao fim do mês. Se Dilma for destituída, Temer está na presidência até 2018.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte