Última hora

Última hora

Penelopegate: Novas revelações abalam desculpas de Fillon

As desculpas de François Fillon não bastaram para pôr fim ao escândalo que abala a campanha do candidato da direita às presidenciais francesas.

Em leitura:

Penelopegate: Novas revelações abalam desculpas de Fillon

Tamanho do texto Aa Aa

As desculpas de François Fillon não bastaram para pôr fim ao escândalo que abala a campanha do candidato da direita às presidenciais francesas.

O jornal Le Canard Enchaine desta quarta-feira revela que a esposa do candidato recebeu 45 mil euros de indemnização de despedimento.

Um valor que se soma aos mais de um milhão de euros que Penelope Fillon e os filhos receberam durante mais de uma década enquanto assistentes parlamentares, sem nunca terem pisado o hemiciclo.

Os novos dados sobre o escândalo de empregos fictícios voltam a levantar questões sobre a longevidade de Fillon como candidato da direita francesa.

A lista de possíveis alternativas foi reduzida esta sexta-feira, depois da justiça ter decidido o regresso do ex-presidente Nicolas Sarkozy à barra dos tribunais, num processo por financiamento ilegal da campanha para as presidenciais de 2012.

As revelações que abalam a direita continuam a beneficiar o candidato liberal Emmanuel Macron.

Nas últimas sondagens, o ex-banqueiro e ex-ministro das Finanças é dado como o vencedor do escrutínio com 63% dos votos, muito à frente de Marine Le Pen, com 36% das intenções de voto.

O candidato não escapa, no entanto, também aos escândalos, tendo sido obrigado a desmentir os rumores, propagados pelos media russos, de uma alegada relação homossexual encoberta.