Última hora

Última hora

Lyon: Cidade do Empreendedorismo

Lyon é a segunda cidade forte em termos de empreendedorismo, em França.

Em leitura:

Lyon: Cidade do Empreendedorismo

Tamanho do texto Aa Aa

Lyon é a segunda cidade forte em termos de empreendedorismo, em França. Quais os segredos do seu dinamismo empresarial? Como é que a cidade conseguiu entrar num ecossistema que permite que as PME locais vençam nos mercados internacionais – e num dos setores de excelência – como a indústria médica.

  • A indústria médica da UE é líder global com vendas no valor de 100 mil milhões de euros, o que representa 30% do mercado mundial.
  • Na Europa, a indústria de equipamento médico emprega, aproximadamente, 500 mil pessoas. Cerca de 95% das empresas deste setor são PMEs.
  • A indústria é altamente inovadora: todos os anos, 10% dos lucros das vendas anuais são reinvestidos em investigação. É registada uma nova patente europeia a cada 50 minutos.
  • “Lyon Ville de l’Entrepreneuriat” ganhou o Prémio Europeu de Promoção Empresarial 2016 na categoria “Promoção do Espírito Empresarial”. Os prémios recompensam os que promovem o empreendedorismo e as pequenas empresas a nível nacional, regional e local.

Links Úteis

Business Planet a partir da “Now Coworking”, em Lyon. É a segunda maior cidade da França em termos de empreendedorismo. Raddouane Ouama. É o coordenador do projeto: “Lyon Cidade do Empreendedorismo” – uma rede muito ativa: “Sim, temos uma dupla ambição: promover o empreendedorismo e ajudar as empresas a crescer. A rede tem 50 parceiros, 200 especialistas e todos os anos trabalha com mais de 15 mil empresários”.

É uma verdadeira revolução no tratamento do glaucoma. É uma doença que causa a destruição progressiva do olho e é uma das principais causas de cegueira no mundo.

É utilizada uma ferramenta que é única. Uma técnica que recorre ao ultrassom – assim a cirurgia invasiva é evitada.
Fabrice Romano é cofundador da empresa por detrás desta inovação: “Todos os dias, há pacientes em vários locais do mundo, aos quais vamos conservar a visão e impedir que fiquem cegos. Sinto-me completamente realizado com isso”.

Mais de 50% do volume de negócios desta PME é reinvestido em investigação e desenvolvimento. O produto evoluiu consideravelmente desde o lançamento em 2013. Depois de ser comercializado na Europa, está prestes a ser lançado na Índia e na China.

Quando a empresa foi criada, recebeu ajuda financeira e ficou um ano numa das incubadoras de negócios de Lyon.
Isso permitiu estabelecer as primeiras patentes e preparar a angariação de fundos para e chegar ao mercado.

“O mais notável é que o projeto:“Lyon Cidade do Empreendedorismo” é extremamente eficiente. Todos os membros da rede trabalham bem em conjunto. se houver uma questão, alguém da rede vai dar a resposta e rapidamente”, acrescenta Fabrice Romano.

Na Europa, a indústria médica emprega 500 mil pessoas. Quase 95% das suas empresas são PME’s. A rede de Lyon recebeu este ano um dos prémios europeus para a promoção do espírito empresarial.