Última hora

Em leitura:

Atentado de Londres: Corbin exige medidas contra financiamento do terrorismo


mundo

Atentado de Londres: Corbin exige medidas contra financiamento do terrorismo

É a terceira vez em menos de três meses que Theresa May se dirige ao país em momentos dramáticos, após atos terroristas em solo britânico. A primeira-ministra britânica voltou a apelar à defesa dos valores ocidentais face aos extremismo islâmico.

“Em primeiro, se estes ataques recentes não estão ligados às mesmas redes, estão, pelo menos, relacionados de uma fora importante. Estão unidos pela ideologia diabólica do islamismo extremista, que prega o ódio, a divisão e promove o sectarismo. É uma ideologia que defende que os valores ocidentais de liberdade, democracia e Direitos Humanos são incompatíveis com a religião do Islão”.

O líder da oposição trabalhista, Jeremy Corbin, pediu diretamente medidas contra o financiamento das redes terroristas.

“Precisamos de ter algumas conversas sérias e difíceis, para começar com a Arábia saudita e outros estados do Golfo, que fundaram e financiaram a ideologia extremista. Não é normal que Theresa May suprima o relatório sobre o financiamento estrangeiro dos grupos extremistas. Temos que decidir seriamente cortar os fundos a estas redes de terror,i ncluindo o Estado Islâmico, aqui e no Médio Oriente”.

Corbin atacou ainda May por ter reduzido em 10 mil o número de polícias e militares no tempo em que era ministra do Interior.

O atentado da London Bridge ocorre quatro dias antes das eleições legislativas e parece ser mais um golpe na vantagem que a chefe do governo conservador levava nas sondagens.

México

Concerto sem barreiras na fronteira entre EUA e México