Última hora

Última hora

Morreu Basi, a mais velha panda gigante do mundo em cativeiro

Morreu na China o mais velho espécime de panda gigante em cativeiro

Em leitura:

Morreu Basi, a mais velha panda gigante do mundo em cativeiro

Tamanho do texto Aa Aa

Basi fez 37 anos em janeiro deste ano e morreu, esta quarta-feira, na China que o viu nascer.

Basi era a mais velha panda gigante em cativeiro e morreu com o equivalente a mais de 100 anos humanos.

Viu expirar todos os pares que com ela se cruzaram na prisão dourada em que viveu desde que tinha 4 ou 5 anos, guardando apenas a memória do vale onde foi capturada no nome que lhe deram: Basi.

A televisão estatal chinesa fez uma emissão em direto esta quinta-feira, a partir do Centro de Pesquisa e Troca de Pandas Gigantes, em Fuzhou, sudeste chinês, para acompanhar uma cerimónia em honra da panda gigante, espécie simbólica da China e onde é muito protegida.

Basi foi a inspiração para a mascote dos primeiros Jogos asiáticos, em 1990.

Fica por saber se foram os deuses do Olimpo ou outros que Basi encontrou agora.