Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Morreu Basi, a mais velha panda gigante do mundo em cativeiro

Morreu Basi, a mais velha panda gigante do mundo em cativeiro
Tamanho do texto Aa Aa

Basi fez 37 anos em janeiro deste ano e morreu, esta quarta-feira, na China que o viu nascer.

Basi era a mais velha panda gigante em cativeiro e morreu com o equivalente a mais de 100 anos humanos.

Viu expirar todos os pares que com ela se cruzaram na prisão dourada em que viveu desde que tinha 4 ou 5 anos, guardando apenas a memória do vale onde foi capturada no nome que lhe deram: Basi.

A televisão estatal chinesa fez uma emissão em direto esta quinta-feira, a partir do Centro de Pesquisa e Troca de Pandas Gigantes, em Fuzhou, sudeste chinês, para acompanhar uma cerimónia em honra da panda gigante, espécie simbólica da China e onde é muito protegida.

Basi foi a inspiração para a mascote dos primeiros Jogos asiáticos, em 1990.

Fica por saber se foram os deuses do Olimpo ou outros que Basi encontrou agora.