Última hora

Última hora

Weah perto do golo da vitória eleitoral

O ex-futebolista lidera a contagem dos votos na Libéria.

Em leitura:

Weah perto do golo da vitória eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

George Weah parece ter feito um remate certeiro à presidência da Libéria: O antigo craque do futebol vai à frente na contagem dos votos, com mais de 40%, quando estão apurados cerca de um terço dos votos. O atual vice-presidente do país, Joseph Boakai, está em segundo lugar, com 25%.

Weah era já dado como favorito antes das eleições. Estes resultados parciais foram divulgados apesar de alguns protestos: “Os candidatos e partidos políticos devem ser pacientes e esperar os resultados oficiais sem precipitações nem conclusões prematuras. Vamos divulgar os resultados dentro do prazo, mas com precisão. Pedimos a todos que não divulguem resultados que não foram verificados pela comissão”, diz Jerome Korkoya, presidente da comissão eleitoral.

A comandar esses protestos está o Partido da Liberdade, na oposição, que se queixou de irregularidades durante o voto, nomeadamente boletins pré-preenchidos. Os observadores não encontraram quaisquer provas: “A Libéria deve manter-se em paz e confiar na Comissão Eleitoral, que é responsável pla organização das eleições. Se alguma coisa correr mal ou se algum dos partidos ou outras partes envolvidas tiverem razões de queixa, devem fazer essas queixas através dos processos previstos na lei”, diz um eleitor.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, já saudou a forma ordeira como decorreram as eleições. Quem vencer vai suceder a Ellen Johnson Sirleaf, primeira mulher chefe de Estado em África e prémio Nobel da Paz em 2011.