Última hora

Última hora

"É o primeiro governo tipo Trump na Europa" diz Alan Friedman

Em leitura:

"É o primeiro governo tipo Trump na Europa" diz Alan Friedman

Tamanho do texto Aa Aa

A fim de obter um sentido de perspetiva sobre o novo governo italiano a euronews falou com Alan Friedman, jornalista norte-americano, autor e especialista em política italiana.
O que podemos esperar do novo executivo foi a questão colocada.

Point of view

"Paolo Savona agora colocado na pasta dos Assuntos Europeus é um insulto para a Europa"

Alan Friedman Jornalista, autor e especialista em política italiana

Alan Friedman: "Este governo de populistas e demagogos, eurocéticos e anti-emigração, vai aguentar-se e vamos agora descobrir o que significa ter o primeiro governo do tipo Trump naquela que é uma das maiores economias europeias. Será que vão agir contra a Europa ou não? Será que vão implementar políticas económicas radicais que vão rebentar com as finanças italianas ou vão adotar uma postura mais pragmática? O facto de Paolo Savona, o controverso economista anti-euro que foi bloqueado pelo presidente de assumir a pasta da economia foi agora colocado na pasta dos Assuntos Europeus, é um insulto para a Europa. Paolo Savona falou de sair do euro como um plano B, a Itália abandonar a moeda única - bem, isso poderá não acontecer e Itália manter-se-á na moeda única, mas eles também prometeram mais de 100 mil mihões de euros de despesa. Por enquanto, os mercados estão calmos depois do susto inicial devido à venda das obrigações italianas. Mas se o governo italiano der indicações de que vai criar uma taxa fixa de imposto, isso cria um buraco orçamental com um défice de 50 mil milhões por ano; ou se tentarem desfazer a reforma das pensões, isso vai custar 200 mil milhões por ano. Se adotarem este tipo de comportamento irresponsável, as agências vão baixar a nota da dívida italiana para lixo e então nem Mario Draghi e a sua flexibilização quantitativa poderão salvar a Itália."