This content is not available in your region

OMS pede ação para travar surto mundial do coronavírus

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
OMS pede ação para travar surto mundial do coronavírus
Direitos de autor  Rahmat Gul/AP

É possível evitar uma pandemia global de coronavírus, mas o tempo é escasso. Esse foi o recado deixado pela Organização Mundial de Saúde, no dia em que foi anunciado que o número de mortes ultrapassou as mil na China. A OMS está a juntar peritos de todo o mundo para testar tratamentos e vacinas.

Para o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, é essencial que os governos mundiais se empenhem no combate à doença: "Há uma chance realista de parar este surto. Temos uma janela de oportunidade. Se compararmos o número de casos na China e no resto do mundo, não é sequer comparável. Temos de atacar com força quando temos esta janela de oportunidade. É o que dizemos ao resto do mundo. Se a perdermos, vamos arrepender-nos", disse.

No Reino Unido, um grupo de cientistas está a testar uma vacina em ratos. Acredita-se que sejam os primeiros testes mundiais de uma vacina para o coronavírus. Paul McKay é pesquisador no Imperial College de Londres e desmente que esteja em curso uma corrida: "Não diria que há uma corrida, porque a palavra corrida implica competição e o que está a acontecer é que tem havido muita partilha de informações. Os chineses, assim que conseguiram sequenciar o genoma, partilharam essa informação com o resto do mundo. Por isso não está correto dizer que há competição".

As autoridades sanitárias de vários países estão a colaborar para encontrar várias pessoas que terão estado em contacto com um homem britânico, a receber tratamento num hospital de Londres. O paciente foi considerado um "super disseminador", depois de ter contagiado várias pessoas numa estância de esqui nos Alpes franceses.

A França, o Reino Unido e outros países estão a tentar encontrar outras pessoas que o homem possa ter contaminado. Conter este grupo de casos é crucial para impedir um surto do vírus na Europa.