Romário acredita que seleção canarinha pode vencer Mundial 2022

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AP, AFP
Romário beija a "copa" do Mundial de futebol de 1994
Romário beija a "copa" do Mundial de futebol de 1994   -  Direitos de autor  AP Photo/Dennis Paquin

É nas ruas que se celebram as vitórias da seleção brasileira, no Mundial de futebol, que está a decorrer no Catar, mas é dentro das quatro linhas que se dá o tudo por tudo para seguir em frente na competição. 

Romário sabe bem o que isso significa e conhece, por dentro, a pressão. O antigo futebolista da equipa canarinha, que hoje se dedica à política, conquistou o tetracampeonato mundial com o plantel do Brasil em 1994, foi mesmo eleito melhor jogador, mas eram outros tempos, como contou à euronews o craque, um dos homenageados em Doha. À euronews explicava que acreditou sempre nas suas capacidades, mas que a fé "m__uito grande em Deus" também o ajudaram. De dentro vinha uma "força interior" que o fazia cumprir aquilo a que se comprometia

"Eu acredito que me tornei num dos grandes nomes do futebol mundial pelo trabalho, pelos golos, pelas conquistas que fiz com a camisa da seleção brasileira".
Romário
Ex-jogador da Seleção do Brasil

Despiu a camisola da seleção há quase duas décadas enquanto outros a vestiram e mundo continuou a girar, como uma bola de futebol num relvado. Para Romário, essa evolução é necessária, "tudo na vida muda", como o própria dizia, mas há "uns 16 anos", quando ainda se fazia à bola, "jogava de uma outra maneira". A questão financeira esteve sempre na senda, no universo do futebol, mas as _"_nem se compara ao mundo de hoje", referia o antigo internacional brasileiro.

"(...) Acredito que no meu tempo se jogava um futebol mais técnico, mais bonito, mas como tudo se moderniza o futebol também se modernizou. Infelizmente, acredito que quando a gente fala do futebol, da técnica do futebol, mudou para pior (...)".
Romário
Ex-jogador da Seleção do Brasil

Quanto às previsões para este mundial, o do Catar, não há muitas dúvidas, ou melhor, não há dúvidas nenhumas. O coração gritará sempre verde e amarelo. 

"Como brasileiro gostaria muito que o Brasil não só chegasse à final como fosse campeão. É claro que, numa copa do mundo, você precisa de muita coisa para ser campeão. O Brasil não é a melhor seleção mas tem condições (...)".
Rom´ário
Ex-jogador da Seleção do Brasil

Na próxima sexta-feira o Brasil defrontará a equipa dos Camarões no último jogo do grupo G antes dos oitavos de final.

A seleção do Brasil já está apurada para a próxima fase da competição, resta saber o lugar em que termina na fase de grupos.

Editor de vídeo • Nara Madeira