This content is not available in your region

Economia circular: Fazer mais com menos

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com Produced by Serge Rombi
Economia circular: Fazer mais com menos

<p><strong>Transformar resíduos em matéria-prima: a economia circular e a ecoinovação representam uma série de novas oportunidades para as empresas.</strong></p> <div style="width:280px; float:right; margin:20px;"> <div style="border-top: #333 3px double; border-bottom: #333 3px double; font-size:12px; padding-top:16px;"> <h3>A economia circular</h3> <ul> <li>O Sistema Europeu de Ecogestão e Auditoria (<span class="caps">EMAS</span>) consiste numa ferramenta de gestão ambiental para ajudar empresas e organismos a melhorarem o desempenho ecológico e aumentarem os níveis de eficiência. Para além da monitorização dos processos produtivos, o <span class="caps">EMAS</span> ajuda também a identificar novas oportunidades de negócio.</li> <li>A atribuição dos Prémios <span class="caps">EMAS</span> começou em 2005, como forma de distinguir os trajetos mais assinaláveis na área da ecoinovação entre os seus afiliados.</li> <li>Em 2015, a Comissão Europeia lançou uma nova estratégia relativa à Economia Circular para incentivar o investimento, reduzir os obstáculos administrativos e apoiar a inovação.</li> </ul> <h3>Ligações úteis</h3> <ul> <li><a href="http://ec.europa.eu/environment/emas/index_en.htm"><span class="caps">EMAS</span></a></li> <li><a href="http://ec.europa.eu/environment/circular-economy/index_en.htm">Economia circular</a></li> <li><a href="http://europa.eu/rapid/press-release_IP-15-6203_en.htm">Pacote Economia Circular 2015</a></li> </ul> </div> </div> <p>O Business Planet foi até Atenas para falar naquela que é a base da economia circular: transformar resíduos em matéria-prima, um conceito que representa uma série de novas oportunidades para as <span class="caps">PME</span>. Para isso, Alexia Economopoulou explicou-nos as vantagens de recorrer ao <span class="caps">EMAS</span>, o <a href="http://ec.europa.eu/environment/emas/pdf/leaflet/emasleaflet_pt.pdf">Sistema Europeu de Ecogestão e Auditoria</a>.</p> <p><em>“O <span class="caps">EMAS</span> ajuda a gerir um determinado sistema produtivo e a proteger o ambiente, reduzindo a produção de detritos e o consumo de energia, e rentabilizando os recursos disponíveis”</em>, afirma a representante grega desta certificação.</p> <script id="infogram_0_business_planet___circular_economy__pt" title="Business Planet - circular economy -pt" src="//e.infogr.am/js/embed.js?mEJ" type="text/javascript"></script> <p>Fomos conhecer um exemplo da chamada ecoinovação a 230 quilómetros de Atenas, em Kalamata. Toda esta região é conhecida pela produção de azeite. Foi aqui que, na década de 70, Klimis Klimentidis teve uma ideia original: utilizar os caroços desfeitos das azeitonas como combustível para os fornos da sociedade de construção que tinha. Depois, pensou em reutilizar o que restava dos caroços para fabricar acendalhas. Daí nasceu uma empresa que, hoje em dia, é dirigida pela neta, Dimitra.</p> <p><em>“São acendalhas ecológicas, não há qualquer químico. Geram mais calor e libertam menos 30% de monóxido de carbono em comparação com as de madeira. A venda de acendalhas representa 50% do nosso volume de negócios. Para além da Grécia, exportamos para a Alemanha e vamos começar com o Canadá”</em>, declara Dimitra Kottaridi.</p> <script id="infogram_0_business_planet___map_eu_recycling___pt" title="Business Planet - Map EU recycling - pt" src="//e.infogr.am/js/embed.js?k7b" type="text/javascript"></script> <p>Esta empresa familiar, que emprega atualmente 12 pessoas, aplica o sistema ambiental <span class="caps">EMAS</span>, certificando a gestão ecológica da produção como parte fundamental de todo o conceito. Segundo Dimitra, <em>“o <span class="caps">EMAS</span> veio salientar a nível europeu o respeito pelo ambiente que já tínhamos. Recebemos mesmo um prémio e aumentámos as vendas.”</em></p> <p>Alexia Economopoulou realça que esta família é, de facto <em>“pioneira na área da ecoinovação.”</em> Sublinha ainda que, para obter o registo <span class="caps">EMAS</span>, é necessário respeitar alguns requisitos: <em>“Cumprir as normas em vigor, aplicar um sistema ecológico de gestão, e fornecer uma certificação validada por uma autoridade do setor ambiental. Depois, devem submeter o pedido ao organismo nacional de registo.”</em></p> <p><iframe width="606" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/8r2BziT435A" frameborder="0" allowfullscreen></iframe> .</p>