A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Paris ouve "Os Contos de Hoffmann"

Paris ouve "Os Contos de Hoffmann"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Paris revive uma obra maior do romantismo francês:Os Contos de Hoffmann, uma ópera caleidoscópica de sonho e realidade.

A Ópera da Bastilha, em Paris, abriu as portas a uma obra maior do romantismo francês: falamos de Os Contos de Hoffmann, o conjunto de narrativas de Jacques Offenbach que sobrepõe o sonho e a realidade, o surreal e o trágico, numa encenação de Robert Carsen. O tenor Ramòn Vargas assumiu o papel principal, depois do afastamento de Jonas Kaufmann, devido a problemas de saúde.

“O papel de Hoffmann é muito difícil porque é uma história do domínio do fantástico, é uma loucura. É genial o que Carsen conseguiu fazer. Transformou toda a história numa peça de teatro. Mas Hoffmann não se dá conta disso, acha que é a vida real, mistura a fantasia com a realidade. Passei a compreender melhor este personagem. Sinto uma simpatia por este homem que está desesperado, ansioso por encontrar o amor verdadeiro. E, no final, em vez do amor, escolhe o talento, a poesia, a arte”, diz-nos o cantor.

Já a soprano Ermonela Jaho realça como se sente bem na pele da personagem Antonia: “É uma artista que herdou da mãe uma doença misteriosa: se não parar de cantar, morre. Mas ela está disposta a abdicar de tudo para poder cantar. É uma personagem que encaixa na minha personalidade, como um vestido feito à medida. A minha mãe nunca me viu cantar ao vivo… Assim que começa a parte do terceto, esqueço-me que sou uma cantora e sinto-me criança de novo. A música tem esse poder, essa força de tocar-nos no ponto mais vulnerável do coração”.

—————————————————————————-

“Os Contos de Hoffmann” estarão em cena na Ópera da Bastilha nos seguintes dias de novembro: 12, 15, 18, 21, 24, 27.