Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

PMEs, as empresas de sucesso no Dubai

PMEs, as empresas de sucesso no Dubai
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 90% das empresas que operam no Dubai são PMEs, pequenas e médias empresas. São a espinha dorsal da economia dos Emirados Árabes Unidos. De acordo com o ministério da Economia do país, as PMEs são um dos mais importantes condutores estratégicos de apoio aos setores de produção.

A Euronews foi ao Step Conference, o maior encontro de PMEs no Oriente Médio. Abriga alguns dos melhores empreendedores, criativos e entusiastas digitais com mais de 250 apresentações de startups.

O desenvolvimento económico é explicado por Fadi Ghandoor, presidente do Grupo Wamda.

“O Dubai destacou-se porque percebemos como tudo funcionava. O Dubai pensa estrategicamente e sabe que quer atrair startups, então, o governo moveu-se nessa direção e fez com que tudo resultasse.", admite Fadi Ghandoor. "As outras cidades precisam de aprender connosco. É um processo de decisão. Há uma visão e, basicamente, prometemos algo e entregamos, daí as pessoas nos procurarem.", concluiu.

Fadi Ghandoor, "Wamda Group"

As startups mais jovens compõem quase metade das empresas no Dubai, o que ajudou a cidade a estabelecer-se como um centro internacional de empreendedorismo.

Ricky Mearns, co-fundador da NorthStart, uma empresa de recrutamento criada para aumentar os níveis de inclusão para pessoas com deficiências na aprendizagem, por todo o Médio Oriente, dá formações e orientação sobre colocações na área profissional, através de sessões em conjunto com o iCademy Middle East.

"Não há outras organizações no Dubai a fazer este tipo de trabalho. O meu CV é a inclusão em todos os setores, comunidades e educação.", conta Ricky Mearns, co-fundador da Northestart.

Outra PME com sucesso no dubai é a Aquabrade. Criada por um pediatra britânico, tem como produto rei o _Finbands by Aquabrade,_auxílios de flutuação para crianças que estão a aprender a nadar. A empresa acaba de fazer o primeiro grande negócio com o Jumeirah Water Parks.

Amanda Gordon da Aquabrade.

Amanda Gordon, parceiro fundador da empresa, diz que a diferença da Aquabrade para as outras PMEs é terem tido sucesso sem grandes investidores.

"Acho que o que nos torna diferentes como empreendedores é que fizemos tudo desde o início. Não temos grandes investidores, não temos empréstimos atrasados, não fizemos nada que qualquer outra pequena empresa esteja a fazer.", contou Amanda Gordon à Euronews.

O Governo do Dubai anunciou recentemente um conjunto de medidas para estimular as PMEs. Isso inclui pagar aos empresários dentro de 30 dias em vez de 90, ajudando-os a continuar o caminho nesta movimentada cidade comercial.