Última hora

A vibrante cena musical no Dubai

A vibrante cena musical no Dubai
Tamanho do texto Aa Aa

De Jamiroquai, no Festival de Jazz de Dubai, a Fatboy Slim, durante o festival Party in the Park, a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos acolheu, em 2019, alguns dos grandes nomes do mundo da música.

Os Boyzone atuaram em Dubai num dos últimos concertos da sua digressão de despedida. A "boys band" irlandesa põe o ponto final numa história de sucesso, depois de mais de 25 milhões de albúns vendidos.

Ronan Keating: "Foi um prazer voltar a todos os sítios que conhecemos e por onde passámos e demos concertos ao longo dos anos. Sabe bem voltar e realizar mais um espetáculo, para dizer adeus de forma adequada."

Shane Lynch: "Para ser honesto, é imbatível este local onde atuámos, mesmo ao lado da Aldeia Irlandesa. É quase um anfiteatro, espetacular. Quando estamos no palco, não pára de subir, enche a plateia e é um lugar fenomenal para atuar. Pessoalmente, é por isso que gosto de atuar aqui."

Keith Duffy diz que a digressão representa o momento certo para que a bem sucedida "boys band" irlandesa pouse os microfones: "Esta digressão foi muito bem recebida. É um bom espetáculo. Nós somos uma 'boys band', mas estamos todos nos quarenta. Safámo-nos até ao momento, mas queremos escrever nós próprios o último capítulo e sair de cena com alguma credibilidade e orgulho."

Uma plataforma para o sucesso?

Da Aldeia Irlandesa, para a Aldeia Global de Dubai: a estrela internacional do R&B Jay Sean atuou perante uma multidão de 100.000 pessoas.

Atuar no Dubai tem sido instrumental para a carreira de Jay Sean: "A internet não era o que é hoje. Não havia redes sociais. Eu tinha fãs no Dubai através do Youtube. Quando vim não sabia que ouviam as minhas canções. Consegui um concerto em Dubai e pensei: 'Óptimo!'. Havia cinco mil pessoas e isso espantou-me. E, desde então, tenho tido a sorte de vir aqui todos os anos, nos últimos 15 anos, e eles conhecem todas as minhas músicas."

Os Maroon 5 foram os primeiros a atuar na recentemente estreada Arena Coca-Cola, um pavilhão de espetáculos que promete mudar a cena musical no Dubai, como explica o diretor-executivo Guy Ngata: "Ao olhar à volta, vemos que a acústica é primordial. Ao ser um local destinado à música, o som e a funcionalidade do espaço são extremamente importantes."

Mas a aposta não se limita aos concertos. O musical de maior longevidade da Broadway, "O Fantasma da Ópera", acaba de estrear na Ópera de Dubai.

Na maior cidade dos Emirados Árabes Unidos há, assim, música para todos os gostos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.