Última hora
This content is not available in your region

LinkedIn lança serviço para Freelancers

LinkedIn lança serviço para Freelancers
Tamanho do texto Aa Aa

A plataforma LinkedIn atingiu recentemente 660 milhões de utilizadores em todo o mundo. A empresa lançou um novo serviço para facilitar a vida aos freelancers e às pequenas empresas. O jornalista James O'Hagan falou com Allen Blue, um dos fundadores deste projeto, no Dubai.

_"Este novo conjunto de funcionalidades permite apresentar os serviços que oferecem nos seus perfis e permite que outras pessoas que estejam interessadas em contratar esses serviços os encontrem facilmente. Pensámos no melhor local para fazermos a apresentação e decidimos que o Dubai, uma cidade que está focada no desenvolvimento de pequenas e médias empresas, e onde conversámos com vários profissionais, seria um ótimo local". _

James O'Hagan: O que é que o LinkedIn está a fazer para combater as "Fake News"?

Allen Blue: _O LinkedIn é um lugar onde profissionais de todas as áreas e de todas as localizações geográficas trocam notícias e informações, que vêm de um número incrível de fontes, incluindo dos nossos próprios membros. A confiança dos nossos utilizadores de que estão a obter informações fidedignas é fundamental para o nosso sucesso e para o nosso compromisso com eles. Portanto, temos um conjunto de soluções, alguns algoritmos para detetar conteúdo que é inapropriado. Temos um bom serviço de atendimento ao cliente, que analisa o que é reportado para garantir que __detetamos problemas antes que eles se tornem em problemas maiores". _

Revolução Industrial

Vários investidores, políticos e líderes tecnológicos participaram na 18ª Conferência Árabe de Empresários e Investidores. Em cima da mesa estiveram as formas de aproveitar a 4ª Revolução Industrial para o crescimento sustentável.

Perguntámos a alguns deles se a alta tecnologia precisa de ter uma maior regulação para encorajar a competitividade e proteger a privacidade.

Jeff Hoffman (empreendedor) : Vim aqui para participar numa discussão sobre o que significa inovação e o que significa perturbação, e a quarta revolução industrial. O significado desta revolução tecnológica e como podemos tirar partido dela.

Para o antigo presidente da Estónia, Toomas Ilves, o regulamento da Proteção de Dados da União Europeia é um passo na direção certa para a privacidade do consumidor.

"O regulamento que entrou em vigor na Europa, no ano passado, é uma primeira tentativa. Estamos a começar a regular a utilização e, mais importante ainda, a impedir o abuso destas enormes quantidades de dados que existem. Claro que há críticas e aspetos que precisam de ser trabalhados. No entanto, é importante salientar que se trata da primeira tentativa genuína com este objetivo".

Análise de Dados

A gigante de cosméticos L'Oreal registou um grande aumento de vendas no terceiro trimestre de 2019, impulsionada pela forte procura da Ásia e apesar dos pontos fracos, incluindo uma desaceleração nas vendas de maquilhagem nos Estados Unidos.

A jornalistaJane Witherspoon falou com Remi Chadapaux, Diretor Geral da empresa para o Médio Oriente.

Jane Witherspoon: "Podemos começar por saber como é que a L'Oreal se tornou na líder mundial em cosméticos?"

Remi Chadapaux: "Em primeiro lugar, a L'Oreal tem sido uma empresa muito sustentável e tem tido uma estrutura acionista e uma estrutura de gestão muito estáveis ao longo dos seus 110 anos de existência. Tivemos apenas cinco diretores executivos ao longo deste período de tempo, o que permitiu ter uma gestão muito definida e consistente e uma estratégia muito estável".

Jane Witherspoon: "Acabaram de anunciar o maior salto trimestral nas vendas em mais de 6 anos, impulsionado pelo mercado asiático. Por que é que este mercado é tão importante?"

Remi Chadapaux:"Felizmente, temos um motor de crescimento muito forte e a maior parte do crescimento vem da região da Ásia, mais especificamente, da China. E sim, é claro, há sempre alguma concorrência interna saudável. Mas a Ásia está realmente no auge neste momento. É definitivamente um dos focos do grupo, mas não é o único. Há um grande foco também nos mercados emergentes como os dos estados árabes do Golfo".

Jane Witherspoon: "_Acabaram de anunciar o maior salto trimestral nas vendas em mais de 6 anos, A recolha de dados em larga escala é algo que a L'Oreal está realmente a aproveitar". _

Remi Chadapaux:"Na transformação digital, o grupo tem sido pioneiro em várias áreas: dados, media, comércio online... Começámos a nossa transformação digital há muitos anos. Estamos na vanguarda da inovação e, neste momento, estamos a entrar numa nova fase. Os dados podem trazer-nos "insights" muito fortes e profundos sobre clientes e consumidores que nos permitem responder às necessidades mais importantes. Portanto, este é absolutamente um foco".

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.