Última hora
euronews_icons_loading
Pedro Almodóvar abre Festival de Cinema de Veneza

A 78º edição do Festival de Veneza começou na quarta-feira à noite com o último filme de Pedro Almodovar, que está na corrida ao Leão de Ouro. Honras de abertura para a dupla emblemática do cinema espanhol: Almodovar e Penelope Cruz, numa Bienal que mistura cinema de autor, com os grandes nomes de Hollywood. Em "Madres Paralelas", o cineasta de 71 anos reúne-se com sua atriz preferida e conta a história do destino de duas mulheres que deram à luz no mesmo dia e na mesma maternidade.

Mais recentemente impressionou no filme "Pinocchio", interpretou o papel de Geppetto, na adaptação italiana de Matteo Garrone do clássico infanto-juvenil. Pinocchio, foi um sucesso de bilheteira em Itália em 2019, foi recentemente lançado nos Esdos Unidos e está nomeado para os Óscares de 2021. A estrela espanhola interpreta Janis (uma homenagem à cantora Janis Joplin), uma fotógrafa de quarenta e poucos anos.

Mas na cerimónia de abertura todos os holofotes estiveram apontados para o cineasta Roberto Benigni e para o Leão de Ouro em reconhecimento de uma carreira. Benigni recebeu este prémio máximo concedido pela indústria cinematográfica no Festival de Veneza. Aos 68 anos um dos artistas mais populares em Itália, com reconhecimento mundial. Aclamado pelo carisma e versatilidade e célebre pelo filme "A Vida é Bela" que lhe valeu um Óscar de "Melhor Ator" e de "Melhor filme estrangeiro" no final dos anos 90.