euronews_icons_loading
O último piquenique em Santiago do Chile pelo direito ao casamento homossexual

Casais homossexuais reuniram-se em família este fim de semana em Santiago do Chile, no habitual piquenique que durante a última década deu expressão aos protestos pela legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A lei foi aprovada em 2021 e a organização, o Movimento para a Integração e Libertação dos Homossexuais, decidiu que este seria o último ano em que realizavam o piquenique.

O Chile descriminalizou as relações sexuais consentidas entre adultos em 199 e criminalizou a discriminação arbitrária em 2012.

Três anos depois, a então Presidente Michelle Bachelet decretou a permissão para uniões civis homossexuais e, em 2017, introduziu a proposta de lei para permitir os casamentos entre pessoas do mesmo sexo, que foi aprovada em dezembro passado, pela administração de Sebastian Piñera.