This content is not available in your region

A Arte do ramen japonês

A Arte do ramen japonês
Direitos de autor  euronews   -   Credit: Dubai
De  Evan Bourke  & euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A arte do ramen japonês é um desafio gastronómico. A chef Neha Mishra tornou-se numa verdadeira referência no Dubai com a sua visão própria da tradicional sopa japonesa.

Antes de se dedicar inteiramente à cozinha, Mishra trabalhou em publicidade. Mas a paixão pelo mundo culinário falou mais alto e Mishra abriu o seu próprio restaurante 'Kinoya', no Dubai, um espaço descontraído, onde as pessoas podem encontrar-se após o trabalho para comer, beber, pôr a conversa em dia. No Japão, esse tipo de restaurante chama-se izakaya.

Mishra deu-nos algumas dicas sobre a preparação do ramen. "O erro mais comum é, talvez, não dar atenção suficiente à preparação da massa e do caldo".

Receita de ramen da chefe Neha Mishra

Ingredientes:

● 225 gramas de carne de vaca (bife)

● 3 colheres de sopa de Haku Shoyu (Shoyu de alho preto)

● 1 colher de sopa de óleo de sésamo torrado

● 4 litros de caldo de galinha sem sal

● 100 gramas de cogumelos shiitake inteiros, caules e pontas separados

● ½ pedaço de gengibre, dividido em duas partes

● Erva-cidreira, 4 pedaços esmagados

● 2 dentes de alho esmagados

● 2 colheres de sopa de óleo de colza

● 225 gramas de couve de Bruxelas, cortadas em duas partes

● 1 ½ colher de sopa de Miso

● 2 pacotes de massa Koyu Ramen

● 1 colher de sopa de vinagre de arroz

● ¼ c cebolinho, em fatias finas

Preparação:

Coloque o bife, uma colher de sopa de shoyu e uma colher de óleo de sésamo num saco com fecho. Remova o ar do saco e massaje suavemente o saco para garantir que o bife fica bem coberto com a mistura. Colocoque no frigorífico para marinar durante pelo menos duas horas.

Coloque o caldo, uma chávena de água, os caules de shiitake, o gengibre, o capim limão e o alho numa panela grande. Dê uma fervura e deixe cozer durante 15 minutos, sem ferver. Baixe o fogo e mantenha a preparação aquecida.

Aqueça uma frigideira de ferro fundido (fogo médio-alto) até ficar bem quente. Adicione o óleo, depois o bife e frite durante 4 minutos até dourar.

Vire o bife e adicione as couves de Bruxelas numa camada uniforme em torno do bife.

Cozinhe o bife durante mais 4 minutos (fogo médio); retire o bife para uma tábua de cortar e deixe repousar.

Corte em fatias finas as pontas de shiitake e adicione-as à frigideira com as couves de Bruxelas.

Coza a preparação durante 5 minutos até que os cogumelos e as couves de Bruxelas estejam dourados e moles (as couves de Bruxelas ainda ficarão um pouco firmes).

Retire a preparação para uma tigela.

Retire os caules de shiitake, o gengibre, a erva-cidreira e o alho do caldo e ponha de lado.

Coloque o miso numa tigela pequena e adicione ¼ de caldo quente; bata até dissolver. Deixe de lado.

Ferva o caldo, adicione a massa e coza durante 4 minutos.

Divida a massa entre duas tigelas, reserve o caldo na panela.

Mexa a mistura de miso na panela e volte a pô-la ao fogo. Ferva a mistura e deixe cozer 2 minutos.

Enquanto o caldo aquece, corte o bife em fatias e coloque-o sobre a massa, acrescente as couves de Bruxelas e os cogumelos.

Retire o caldo do fogo e junte o vinagre de arroz e as restantes 2 colheres de sopa de shoyu.

Coloque em tigelas e polvilhe com cebolinha.

Bom proveito !