Vídeo

euronews_icons_loading
Secretário-geral da ONU, António Guterres