Última hora
This content is not available in your region

Desiree Akhavan evoca bissexualidade na comédia "Appropriate Behavior"

Desiree Akhavan evoca bissexualidade na comédia "Appropriate Behavior"
Tamanho do texto Aa Aa

Desiree Akhavan escreveu, realizou e interpretou o seu primeiro filme com contornos autobiográficos. A realizadora norte-americana de origem iraniana faz referência às dificuldades em assumir a bissexualidade, numa família conservadora.

O argumento foi escrito depois de eu ter revelado aos meus pais que era homossexual e depois de uma rutura amorosa caótica.

Apesar das referências biográficas, a comédia “Appropriate Behavior” é uma ficção: “O filme não é autobiográfico no sentido em que os acontecimentos retratados não acontecerem na realidade mas o argumento foi escrito depois de eu ter revelado aos meus pais que era homossexual e depois de uma rutura amorosa caótica. Queria imprimir essas emoções ao argumento. Eu rio-me de mim própria e descrevo de uma forma não realista e absurda as minhas melhores qualidades e os defeitos”, explicou a realizadora.

O filme recebeu críticas elogiosas nos Estados Unidos, após a estreia no Festival de Cinema Independente, Sundance.

Para Desiree Akhavan, o mais difícil foi atuar e realizar ao mesmo tempo: “No início foi um desafio. Houve alturas em que estava a rodar e eu devia atuar e ao mesmo tempo ficava completamente desconcentrada. Houve uma cena em que estava a conversar e de repente disse, alguém esqueceu uma parte do diálogo… e tinha sido eu… Não podia zangar-me com ninguém. A partir dessa altura decidi que quando estava em cena esqueceria completamente a realização e quando estivesse a realizar deixaria de lado as responsabilidades e a tensão do trabalho de um ator para me centrar na tarefa em questão”, contou a realizadora.

“Appropriate Behavior” chegou às salas de cinema dos Estados Unidos e do Reino Unido e não tem data de estreia marcada em Portugal.