Última hora

Última hora

A arte de viajar num transatlântico

Em leitura:

A arte de viajar num transatlântico

A arte de viajar num transatlântico
Tamanho do texto Aa Aa

É altura de levantar âncora e rumar ao Victoria and Albert Museum em Londres para ver... transatlânticos. E é uma verdadeira viagem ao início do século 20 que este museu nos propõe, com a exposição "Ocean Liners: Speed and Style" em torno destes gigantes do oceano e do impacto que tiveram na arte e na moda.

"Foi uma época de autêntica globalização, de ligação entre culturas. Estes navios eram muito mais do que meios de transporte - veiculavam valores e ideias artísticas", afirma um dos curadores, Daniel Finamore, do Museu Peabody Essex.

Ghislaine Wood, também curadora, do Centro Sainsbury para as Artes Visuais, explica que "para muita gente, a experiência mais visceral que tiveram do mundo moderno foi a bordo destes navios, sobretudo os emigrantes que procuravam uma vida nova nos Estados Unidos ou na América do Sul. A primeira oportunidade que tinham de experimentar a tecnologia moderna era embarcar rumo a uma outra vida".

Proezas tecnológicas que erguiam orgulhos nacionais bem alto. Tanto que muitos iam a bordo sobretudo para verem e serem vistos.

A viagem dura até meados de junho.

Mais sobre Cult