Última hora

Última hora

Rússia rejeita acusações de ciberataques

Em leitura:

Rússia rejeita acusações de ciberataques

Rússia rejeita acusações de ciberataques
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia rejeita as acusações de agressão cibernética contra o Ocidente feitas pelos Estados Unidos e pela Europa.

Uma declaração feita depois das autoridades holandesas terem revelado pormenores de uma alegada operação que estaria a ser preparada por agentes russos, em Haia, contra a Organização para a Proibição das Armas Químicas.

O embaixador russo na União Europeia, Vladimir Chizov, diz que há questões que a Holanda tem de responder.

"Porque é que o governo holandês esperou seis meses para falar? Se a colocam na agenda da reunião dos Ministros da Defesa da NATO porque é que não falaram sobre isso na Cimeira da NATO, em julho? Que eu saiba, não têm nenhuma prova que já não tivessem em abril."

Questionado pela Euronews sobre se as relações entre a Rússia e o Ocidente podem ainda piorar mais devido a estas acusações, Vladimir Chizov foi claro.

"Não sei se podem atingir um nível pior do que são agora, mas nasci otimista e acredito que o senso comum vai prevalecer".

Apesar de acusada por vários países, a Rússia tem negado sempre o envolvimento em qualquer ataque cibernético.