A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

A vantagem das termas japonesas para o turismo de negócios

A vantagem das termas japonesas para o turismo de negócios
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Beleza das paisagens, a hospitalidade e a gastronomia fazem do Japão um destino de eleição para a organização de eventos internacionais e para o turismo de negócios.

Por ser de origem vulcânica, o arquipélago nipónico é o reino das águas termais, com mais de três mil fontes naturais. É possível usufruir dessa riqueza em plena natureza ou nos novos ryokans, albergues tradicionais que foram remodelados para acolher clientes da esfera dos negócios.

"Os hotéis Onsen tentaram adaptar as instalações e alinhar os preços em relação aos das salas de congressos. Os organizadores quiseram propor uma experiência que agrade aos participantes estrangeiros", disse Takashi Abe, diretor do MICE Onsen.

Os banhos de água quente

Um dos estabelecimentos visitados pela euronews acolheu um congresso médico com mais de 350 participantes. Após um dia de trabalho intenso, Graham Gomersall, participante do Reino Unido, vestiu o yukata, como manda a tradição, e tomou um banho quente.

"Ao fim de um dia de trabalho, é agradável ter a oportunidade de vir aqui e relaxar. Não me lembro de já ter experimentado esta sensação das termas onsen. Acabamos o dia na perfeição", disse Graham Gomersall.

"As águas são muito quentes e dilatam os vasos sanguíneos e podemos relaxar. Contêm muitos minerais como o enxofre, sal e outros minerais bons para a saúde. A melhor coisa para o equilíbrio do corpo é a temperatura da água a 38 graus. É melhor do que uma água demasiado quente", Toshiko Nakamura, uma médica japonesa que participou no congresso.

Gastronomia e tecnologia

Um dos aspetos essenciais da cultura dos onsen é a gastronomia. Os clientes podem provar uma grande diversidade de pratos da sofisticada cozinha japonesa. A tecnologia é outro dos trunfos dos organizadores de eventos. Um investigador japonês desenvolveu um programa de tradução simultânea para conferências e congressos internacionais.

O conceito está a ser desenvolvido pela Microsoft, em parceria com o Conselho de Tradução do Japão e a Universidade de Toyohashi.

"As pesquisas sobre a tradução automática existem há muito tempo, mas, o desempenho dos sistemas não melhorou muito antes da criação há três anos de um sistema que imita a rede de neurónios. O sistema transcreve o que é dito e o texto é depois traduzido em várias línguas", explicou Hitoshi Isahara, professor na Universidade de Tecnologia de Toyohashi.

Graças à tradução automática é possível seguir as conferências em direto numa língua à escolha através de uma aplicação para telemóvel.